Poesia erótica

09
Ago 20

 

Coisa linda é o cuzinho:

preto, rosado, largo ou apertadinho

Não importam as pregas

Não importa se doce ou salgadinho

 

Centro das nádegas

tentação do rabo

Maior é o sorriso

quanto mais empinado

 

Entre o prazer e o escatológico:

fetiches que entorpecem

acidentes que acontecem

na contramão do lógico

 

Pau, língua e dedos

passeiam entre os orifícios

Raspado ou com pelos

de joelhos, apelo para tê-lo

 

 

publicado por Eroticidades às 14:17

Agosto 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Livro de poesia erótica

Outros livros

subscrever feeds
Follow DoctorFritz on Twitter
Ouça minha voz

Leia os blogs

pesquise